domingo, 19 de agosto de 2012

ATIVIDADE 2 : REFLETINDO SOBRE A IDENTIDADE


REFLETINDO SOBRE A IDENTIDADE

Muitas são as transformações sofridas pela sociedade no transcorrer do tempo. Ao refletir sobre a nossa identidade profissional, nos deparamos com a dificuldade de conciliar os muitos fatores que dizem respeito à formação humana.  Hoje, o maior desafio do educador está em entender as mudanças que estão ocorrendo no nosso meio social. O educador  tem por obrigação estar atento a essas transformações e o melhor caminho para isso é aprender sempre. Mas não basta que o professor aprenda novos conhecimentos sobre teorias, concepções, métodos e técnicas, isso é importante, porém  deve-se principalmente  aprender a se relacionar  com as novas gerações, buscando respostas para lidar com a desigualdade e a diversidade com que trabalha hoje. Podemos dizer que o professor, num processo contínuo, constrói a sua identidade por meio das relações dialógicas com colegas, coordenadores, pais e, especialmente, com seus alunos. Há uma espécie de trocas culturais com a comunidade escolar.
Com as novas exigências sociais e tecnológicas impostas pela globalização se faz necessário a formação de alunos autônomos e dispostos a desenvolver atitudes de cooperação, dessa forma os professores devem estar sintonizados com o mundo e isso só é possível se os educadores forem simultaneamente professor e aprendiz.
O fato é que inovações no contexto educacional são necessárias. As mudanças geralmente provocam medos e inquietações perante o novo, gerando expectativas. Para que profissional da educação esteja sintonizado com o mundo, é preciso priorizar como eixo  fundamental de discussão a formação continuada , pois a escola que dá importância à formação de seus docentes, com certeza  os auxiliará a lidarem com suas potencialidades, aspirações e dificuldades proporcionando assim, um melhor desempenho  no processo de ensino aprendizagem. A atualização do professor deve ser uma preocupação constante e é fundamental para a formação das crianças e jovens desse século.

ATIVIDADE 1: QUEM SOU


QUEM SOU ?

A trajetória da minha vida enquanto professora tem relação com as mudanças e transformações que ocorrem na sociedade. Decerto não sou a mesma professora que fui  no   início da minha  carreira profissional, pois mudamos com o passar do tempo e com as inovações, mas algumas coisas sobrevivem ao tempo, porque algumas caraterísticas nos são próprias por natureza. Uma das estratégias que sempre utilizei e que me acompanha  na minha vida profissional foi o fato de estabelecer vínculos de afetividade com os meus alunos .Para isso mostro um profundo interesse por eles, pela vida deles. Acredito  que um bom relacionamento com a turma me dará crédito e confiança para quebrar barreiras que poderiam ser obstáculos mais tarde. Penso  que  a comunicação  munida de uma dose de intelectualidade, emoção e ética é um fator importante para desenvolver no aluno um pensar mais crítico e reflexivo em relação às situações vivenciadas  por ele no seu cotidiano. É dessa forma que também aprendo com meus alunos porque tento  entender os seus pensamentos, as suas ideias, seus modos de agir.  Aqui reforço o pensamento de Paulo Freire em sua Pedagogia da autonomia quando diz que  “Quem ensina aprende ao ensinar e quem aprende ensina ao aprender.” Sei que para isso é necessário que o meu aluno mantenha acesa a chama da curiosidade para aprender senão essa troca não irá existir.  Acredito que a curiosidade ligada ao conhecimento é imprescindível para o processo de ensino aprendizagem. Quando não observo  mudanças  ou predisposição para o aprender, tento surpreender com novas técnicas ou métodos  adequados ao contexto da sala de aula e que de fato se  correlacionem com  as minhas metas  a serem atingidas.